Sempre felizes no Senhor

26/12/2015 11:14

"Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos". (Filipenses 4:4)

Regozijai-vos sempre” (I Tessalonicenses 5:16)

        Não é distribuir sorrisos a todo o momento. Não é festejar nas adversidades, muito menos agir com indiferença diante do sofrimento alheio. Alegrar-se sempre no Senhor é para aqueles que depositaram em Deus todas as suas expectativas, que confiam na Sua providência, que esperam em Deus e reconhecem que nele não há sombra de dúvidas.

        O mesmo apóstolo que disse alegrai-vos no Senhor também disse:

"São ministros de Cristo? (falo como fora de mim) eu ainda mais: em trabalhos, muito mais; em açoites, mais do que eles; em prisões, muito mais; em perigo de morte, muitas vezes. Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um. Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; Em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; Em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez". (2 Coríntios 11:23-27)

       Não encontramos na Bíblia um só versículo que mostra o apóstolo Paulo murmurando, reclamando da vida, desiludido diante dos acontecimentos, pelo contrário, mesmo passando por privações ele encorajava os crentes das diversas igrejas a viverem felizes no Senhor, viverem esperançosos no Senhor. Exercitando a fé, a confiança, a paciência no Senhor.

       A alegria no Senhor não está condicionada às circunstâncias, pelo contrário, deve ser um estilo de vida do crente em Jesus. Evidentemente que não se deve menosprezar os momentos difíceis que passamos e nos abalam emocionalmente, todavia, mesmo nestas situações,  devemos estar felizes no Senhor, pois "O Senhor é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio" (Salmos 18:2). A Ele pertencemos por Ele nos movemos e para Ele vivemos ou morremos. Assim devemos pensar, assim devemos agir.

       Você é feliz com o Senhor? Muitos são felizes enquanto tudo vai bem, enquanto tudo esta sobre seu controle, quando a situação pode ser perfeitamente controlada, mas quando subitamente algo foge ao seu controle, parece que aquela firme convicção é abalada e em queda livre vem o desânimo, a tristeza, falta de prazer na Lei do Senhor e, cabisbaixo passam a viver como se o Seu Deus estivesse alheio aos acontecimentos.

         passou por algo inusitado em sua vida e os acontecimentos acometeram toda sua família, riqueza e saúde, mas mesmo com toda larga adversidade ele pode experimentar a bondade do Senhor. Paulo, apóstolo do Senhor, escreve que sofreu muito por amor ao evangelho, de todos os lados foi ultrajado até dos que se diziam irmãos. Moisés, o enviado para conduzir o povo pelo deserto, por quarenta anos sofreu o ultraje daqueles que Deus mesmo verbalizou "povo obstinado", "povo de dura servis", Moisés sofreu afronta daqueles escolhidos, mas o seu olhar estava em Deus que o chamou para uma grande e difícil missão. João, o batista, foi preso por anunciar a vinda do salvador, foi morto por não compactuar com as trevas. Estevão, o primeiro mártir, foi apedrejado por aqueles que se denominavam zelosos da lei de Deus. Todos estes sofreram, choraram, entristeceram-se, mas, nada nem ninguém poderia tirar a alegria que tinham no Deus que tudo pode. Sofreram, mas não desanimaram, não fraquejaram da fé, não abandonaram o Senhor, nem mesmo perderam a alegria em servir o Senhor.

      Hoje, muitos crentes andam com semblante descaído, parece que seus problemas são mais complexos, mais difíceis que os daqueles que morreram pelo evangelho. Alimentam-se do sofrimento e engordam o desânimo. Nutrem a depressão e não abandonam a ansiedade. Crentes professos em Jesus que necessitam olhar mais atentamente para Jesus autor da fé.

        O Senhor Jesus disse:

“...no mundo tereis aflições ...”, mas o versículo para nesta frase? Não! Ele mesmo completa: “...no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo” (João 16:33).

      Ter bom ânimo é o que Ele pede para mim e para você. Se os seus problemas são enormes, tenha bom ânimo. Se tudo está desmoronando, tenha bom ânimo. Se a morte bate à porta tenha bom ânimo. Se você não vê saída, tenha bom ânimo.

Há um versículo na Bíblia muito recitado por todos:

"Posso todas as coisas naquele que me fortalece" (Filipenses 4:13)

      Posso todas as coisas é apenas uma parte do que Paulo estava dizendo aos filipenses, antes disto ele mesmo disse:

"Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade". (Filipenses 4:12)

     Ele poderia passar por qualquer coisa, e ele passou por varias privações, mas tinha convicção de que Cristo estaria ao seu lado para ajudá-lo na caminhada e certamente seus passos não vacilariam. Posso todas as coisas naquele que me fortalece é demonstração de confiança no Senhor, não é uma citação sem contexto, pelo contrário, Paulo deixa claro que passou por tantos sofrimentos, mas em Cristo ele era mais que vencedor. Ele conseguia ver motivos de alegria mesmo nas suas prisões. Em que Paulo era diferente dos demais homens que se firmam na fé? Será por que ostentava um título de Apóstolo, certamente que não.

      Muitos têm olhado para as Escrituras e não crido nas verdades ali esboçadas, são pessoas sem fé, que não conseguem depositar sua confiança em Deus, são homens, mulheres, jovens e crianças alheios aos conselhos de Deus que preferem se manter dos seus próprios meios do que depender do Senhor da Criação. Depender de Deus não significa abdicar de tudo e esperar que do céu, de forma milagrosa Deus envie o suprimento do dia. Depender de Deus, é, em linhas gerais, considerar que seus meios, recursos, conhecimentos são insuficientes para a realização de uma tarefa. Também, depender de Deus, é, submeter sua vontade à vontade de Deus. De igual modo, depender de Deus é atitude de confiança, de reconhecimento que Ele tem as melhores soluções. É não agir unicamente com suas forças, mas crer com sua fé que Ele está no controle, que Ele pode ajudar, que Ele pode te conduzir.

        Se você não crê que Deus está no controle dos acontecimentos, também não conseguirá ver motivos para se alegrar no Senhor.

"Regozijai-vos sempre no Senhor; outra vez digo, regozijai-vos". (Filipenses 4:4)

        Para muitos é apenas um conjunto de palavras bem ajustadas gramaticalmente, mas para aqueles que esperam no Senhor é mandamento, é conselho para vida.

        Hoje que motivos você tem para se alegrar no Senhor? O principal você já tem: SALVAÇÃO (isto se você já tem a Jesus como Senhor e Salvador).

        Mas com a salvação Deus também te presenteou com:

 

- Misericórdia

- Bondade

- Fidelidade

- Justiça

- Graça

- Descanso Eterno.

 

      Agora responda, quantos motivos você tem para se alegrar no Senhor? Será que a alegria que devemos ter no Senhor não pode ser algo contínuo, perene e prazerosa?

“Portanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas; todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação” (Habacuque 3:17e18)

Luiz Fernando Mendes Nunes

Voltar