O que as pessoas dizem de Jesus Cristo?

15/11/2014 18:28

            Essa mesma pergunta foi feita pelo próprio Jesus há mais de 2 mil anos: “que dizem os homens que eu sou?” Naquela época muitos acreditavam que Jesus era o próprio João Batista, outros diziam que era Elias, outros Jeremias e outros diziam que Jesus era um dos profetas. Pedro, porém disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo (Mateus 16: 13 a 16). E hoje, o que as pessoas dizem de Jesus? Muitos falam que Jesus foi um mártir da paz, outros dizem que foi um grande profeta, outros que Ele foi uma espécie de anjo, alguns ainda dizem que Jesus foi um grande mentiroso, que não morreu, apenas adormeceu e depois levantou do túmulo. Mas também tem aqueles que afirmam que Ele é o Cristo, o Filho de Deus.

            A plena verdade sobre Jesus, o Cristo, está minuciosamente descrita nos relatos que Ele mesmo deixou para que por meio das Escrituras, as gerações futuras viessem a crer na Sua divindade. No evangelho de João capitulo 20 versículos 30 e 31 lemos o seguinte relato do apóstolo:

"Jesus, pois, operou também em presença de seus discípulos muitos outros sinais, que não estão escritos neste livro. Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em Seu nome".

            Para os espíritas Jesus não é Deus, Ele é um ser iluminado irradiando amor de uma forma ampla e total; para os judeus Ele foi apenas um profeta; para a maçonaria Jesus foi um rabino e curador, um grande homem, mas quanto a ser filho de Deus depende da cresça de cada pessoa. Para o Budismo, Jesus está no mesmo patamar que Siddhartha Gautama (fundador do Budismo), Jesus era um Buda (iluminado). Para os mórmons, Jesus é o Filho de Deus, mas não é Deus. Para os muçulmanos, Jesus não é Deus nem Filho de Deus, foi apenas enviado por Deus para ser orientador do povo, foi um grande homem, com uma grande mensagem de Deus ao povo.

            Para os cristãos, Jesus Cristo é o próprio Deus encarnado, o Emanuel. No evangelho de Mateus capítulo 1 versículo 23 há o seguinte relato:

Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e chama-lo-ão pelo nome de EMANUEL, que traduzido é: Deus conosco”.

            Os cristãos creem em Jesus Cristo como Senhor, Salvador, Filho de Deus e sendo o próprio Deus encarnado. Para os cristãos Jesus tem a mesma essência de Deus, portanto é divino, é Deus. Ele estava no início da criação como nos revela o evangelho de João capítulo 1 versículos 1 a 3:

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez”.

            Lemos também no Livro do Apocalipse capítulo 1 versículo 8 a seguinte revelação acerca de Jesus:

Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-poderoso”.

           Muitas pessoas acreditam com facilidade em relatos históricos de civilizações, animais que supostamente existiram, homens pré-históricos, existência de gelo em planetas nunca habitados, composição interna do átomo, acreditam na ciência e defendem a ciência mesmo sabendo que o que hoje é considerado como verdade, amanhã pode não ser. Alguns creem que tudo passou a existir fruto do caos, da desordem, e, que tudo também conduz à desordem. Muitos admitem a existência de seres extraterrestres sem nem mesmo a ciência comprovar sua existência, mas defendem como verdade inegável. Muitos preferem crer na existência do Universo como produto de forças incontroláveis, não subjugadas, não determinadas, do que num óbvio planejamento e ordenamento, fruto de uma mente calculista, racional, divinal, sustentadora e mantenedora.

         Quando o apóstolo João afirma que “todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez” (João 1:3), entendemos que Jesus, sendo o próprio Deus foi o Soberano arquiteto de todo o Universo. Cada planeta, estrela, galáxia, nebulosa, e demais constituintes do Universo foi por Ele determinado num período de tempo que foge à nossa compreensão. Ele estava no princípio criando o Universo e toda raça humana. Ele trouxe a existência todas as coisas à partir do nada. Ele concatenou todo o Universo de tal maneira que a mente humana jamais poderá compreender, jamais conseguirá desvendar tamanho mistério.

            Alguns até acreditam na sua existência, bem como na sua morte, mas num Cristo ressurreto é demais para algumas pessoas. Muitos aceitam que Ele foi um bom homem com grandes ensinos espirituais, sociais e morais, contudo, seguir esses ensinos é exigir demais para estes. Não obstante, muitos, das mais diferentes nações têm em Suas palavras verdades absolutas, mas segui-las não é um objetivo na vida.

            Quem é Jesus Cristo para você? O iluminado, um Buda, um grande homem, um anjo, apenas um profeta, um mártir, um mentiroso? Ou, ele é o Messias, o Filho de Deus, o Todo-poderoso, o próprio Deus encarnado?

 

Luiz Fernando Mendes Nunes

Voltar